segunda-feira, 28 de julho de 2008

ressaca

Carta à Paculla Annia:

mediante a sua coragem, eu me ajoelho e me devoto à vòs que se diz Deusa;
minha Rainha torne eu seu súdito e como tal
cheio de esbórnia e amor.

onde choro quando sinto a sua força
e gozo quando sinto o seu tremer
e tremo quando sinto o seu gozar

que mil mendigos confirmem
que vc me ama e que eu te amo
e que nao haja tempo...
nem Fim.

Um comentário:

cilla disse...
Este comentário foi removido pelo autor.